Hoje: 17/09/2021
    Horas: 00:00:00
×
Companhia fará vistoria em pista de aeroporto e pode voltar a operar voo em Sorriso

Companhia fará vistoria em pista de aeroporto e pode voltar a operar voo em Sorriso

  • 06/06/2019
  • Só Notícas

Representantes da Azul Linhas Aéreas estão em Sorriso em reunião com o secretário de desenvolvimento econômico Claudio Druzina, e devem fazer uma avaliação na pista do Aeroporto Municipal Adolino Bedin para voltar a operar voos na cidade em aeronave comercial bimotor pressurizada de médio porte e propulsão turboélice (ATR).

A pista tem mais de 1,1 quilômetros. O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Cláudio Drusina informou, anteriormente, que a empresa justificou que se continuasse operando com jato nas atuais condições da pista haveria problemas. Ele disse que a empresa cobra a revitalização total da pista para voltar a operar.

Ainda segundo o secretário, para revitalizar a pista “vão ser R$ 6 milhões sendo feita de uma forma caseira e R$ 15 milhões se for feita com toda a drenagem com laudos estruturais e tudo mais”. A prefeitura de Sorriso espera que o governo estadual repasse R$ 4 milhões de um convênio para usar na recuperação da pista.

A empresa que operava voos diários em Sorriso, suspendeu as operações por tempo indeterminado. Conforme Só Notícias já informou, após a suspensão em Sorriso, a empresa começou a operar voo extra de Cuiabá para Sinop com retorno no mesmo dia para capital do Estado. Segundo a empresa, o pouso está previsto para às 9h40 e decolagem para Cuiabá às 10h10. Atualmente Sinop possui três voos diários para Cuiabá, sendo dois jatos e um ATR, durante a semana. Aos finais de semana são operados dois voos.

Em março deste ano o aeroporto de Sinop foi um dos 12 do país arrematado em um leilão realizado pelo Governo Federal. O consórcio Aeroeste foi o vencedor do bloco Centro-oeste, que inclui também os aeroportos de Alta Floresta, Rondonópolis e Várzea Grande (Cuiabá). Para o aeroporto João Batista Figueiredo, o governo federal estima investimentos na faixa de R$ 85 milhões.

(Atualizada às 11h19)

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho