Hoje: 16/06/2019
    Horas: 00:00:00
×
Homem vai fantasiado de Dálmata à sessão sobre testes em animais

Homem vai fantasiado de Dálmata à sessão sobre testes em animais

  • 12/06/2019
  • R7



Comissão da Câmara discutia uso de cães da raça Beagle em testes exigidos pela Anvisa quando visitante foi chamado à mesa

Um fato inusitado chamou a atenção em um debate na Câmara dos Deputados sobre o uso de cães da raça Beagle como cobaias em testes pedidos pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Os parlamentares da CMADS (Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável) discutiam sobre o tema, quando um homem fantasiado de Dalmata de pelúcia chegou à sessão, carregando uma flaca com a foto de um cão da raça Beagle e a frase "exclusão para maustratos".

Quando identificado pelo presidente da mesa, Fred Costa (Patriota-MG), o convidado inesperado foi chamado para compôr a mesa:

— Já que a Anvisa não se faz presente, eu vou convidar aquele que simboliza todos os animais para compor a mesa condutora dos trabalhos

Sobre a diferença entre a raça discutida e a da fantasia do protestante, o mesmo deputado comentou:

— Já que a gente não tem um beagle, veio um dalmata, e este a Anvisa não mandou para o sacrificio.


    Compartilhar:

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho