Hoje: 16/06/2019
    Horas: 00:00:00
×
Professor de Cuiabá ganha prêmio nacional de literatura

Professor de Cuiabá ganha prêmio nacional de literatura

  • 13/06/2019
  • Só Notícias

O professor de Língua Portuguesa, Felipe Holloway é o ganhador do Prêmio Sesc de Literatura na categoria romance. O anúncio foi feito nesta quarta-feira. A obra premiada “O legado de nossa miséria” será publicada pela editora Record e o escritor será incluído nas programações literárias do Sesc.

Felipe Holloway é natural de Canindé, no Ceará, mas vive em Cuiabá. Formado pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) em letras e mestrando em estudos literários pela mesma instituição. O escritor bateu 1.042 inscritos em sua categoria.

“A gente passa a vida adulta inteira ensaiando para o dia em que isso talvez vai acontecer, o dia chega e tudo o que a gente consegue dizer é eita”, comentou Felipe em seu perfil em uma rede social.

Emocionado, o escritor agradeceu a todas as pessoas que passaram em sua vida e que, de alguma forma contribuíram para a realização desse sonho, que já vinha tentando alcançar desde 2015, quando foi pré-selecionado no prêmio que acaba de vencer com o romance “Spoiler”.

“Eu jamais conseguiria elencar todas essas pessoas aqui sem que minha memória acabasse sendo injusta com algumas ou várias delas. Mas vocês sabem quem são, sabem o que fizeram. E eu quero que saibam também que eu não teria conseguido sem vocês. Obrigado”, finalizou o escritor em sua rede social.

Em “O legado de nossa miséria”, um crítico de literatura e professor universitário é convidado para um evento sobre Jornalismo Literário numa fictícia cidade do interior de Minas Gerais, onde conhece pessoalmente um famoso escritor cuja obra sempre havia admirado. No evento, os personagens rememoram suas respectivas carreiras – uma trajetória em que a paixão pela arte foi muitas vezes empregada como atenuante para condutas imorais, e na qual os fracassos éticos e estéticos se alternam.

Com informações da assessoria.

    Compartilhar:

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho