Hoje: 19/11/2019
    Horas: 00:00:00
×
Menino ouve barulho; vai a janela e é baleado na testa em Peixoto de Azevedo

Menino ouve barulho; vai a janela e é baleado na testa em Peixoto de Azevedo

  • 11/07/2019
  • Folha Max



Garoto deve ser transferido para hospital em Cuiabá

Um menino de oito anos foi internado no Hospital de Peixoto de Azevedo (distante 673 quilômetros de Cuiabá) com um tiro na testa. De acordo com a mãe do menino, ela só ouviu um estampido e viu o menino correr até a janela. Ouviu então outro barulho de tiro e viu o filho cair com sangue no rosto.

Policiais militares do 22º Batalhão de Polícia Militar foram até o local após chamado da mãe. Não se sabe quem efetuou os disparos, mas o projétil que atingiu a vítima partiu-se e fragmentos ficaram alojados em pontos distintos da cabeça da criança.

“Ninguém sabe precisar quem foi nem tem informação a respeito disso, mas o certo é que a criança recebeu um dos disparos na testa. Essa bala se fragmentou, um desses fragmentos está alojado na calota craniana e um dos outros fragmentos perfurou atrás do globo ocular, não afetou a visão, mas afetou, podendo ocasionar sequelas no futuro e ainda tem risco de vida pra criança”, explicou o médico plantonista desta quarta-feira (10), cujo nome não foi divulgado.

Ainda estão sendo feitos alguns exames e estabilização. Provavelmente, esses fragmentos terão que ser retirados, “mas só com suporte muito adequado com oftalmologista especializado em trauma, para não correr o risco dessa criança perder a visão”, continuou o profissional de saúde.

De acordo com ele, somente após estabilização, diminuição de dor e edema e inchaço e aparecimento da vaga em Cuiabá é que haverá a transferência. A Polícia Judiciária Civil investiga em quais circunstâncias se deram os disparos, quem seria o autor e suas motivações para fazê-los.

    Compartilhar:

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho