Hoje: 14/12/2019
    Horas: 00:00:00
×
Homem precisa ser arrastado para receber atendimento no CER do Leblon

Homem precisa ser arrastado para receber atendimento no CER do Leblon

  • 17/07/2019
  • Band News / FM Rio

Família do paciente reclama da falta de estrutura na unidade

Dias depois de um homem precisar ser arrastado pelos corredores e receber atendimento no chão, na Coordenação de Emergência Regional do Leblon, pacientes ainda encontram problemas na unidade.

A emergência localizada na Zona Sul não possuía longas filas, nesta terça-feira (16), mas uma mulher com crise renal foi diagnosticada e medicada apenas oito horas após buscar atendimento. A diarista Elizete Marques, que mora na Saúde, na Região Central do Rio, acompanhava a irmã. Ela não imaginava que perderia um dia de trabalho pela demora no atendimento. 

No fim de semana a taxista Silvana Ferreira socorreu o irmão desacordado até o local. Ele foi arrastado até a entrada da unidade onde foi atendido no chão, única maneira possível, no momento, segundo os enfermeiros.A Secretaria Municipal de Saúde afirma que o caso não condiz com a prática adotada pelo município e que Organização Social que administra a unidade será cobrada pela pasta.

Com fortes dores na coluna, o aposentado Hélio Pereira, de 74 anos, voltou na emergência ao lado do Hospital Miguel Couto, pela segunda vez neste mês. Ele precisa fazer um raio x, mas a unidade não oferece o exame. O paciente vai precisar agendar um atendimento em algum outro local.

A Coordenação de Emergência Regional do Leblon foi inaugurada em 2012, com 57 leitos, sendo 34 para a unidade de terapia intensiva. O objetivo, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, era desafogar a emergência do Miguel Couto.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho