Hoje: 24/08/2019
    Horas: 00:00:00
×
Assassino do pai ou do filho não deveria sair da prisão no Dia dos Pais, diz Moro

Assassino do pai ou do filho não deveria sair da prisão no Dia dos Pais, diz Moro

  • 09/08/2019
  • Jornal de Brasília

Nesta sexta, Moro postou em seu perfil no Twitter: “É imoral e afeta a confiança das pessoas no império da lei e da Justiça.”

O ministro Sérgio Moro, da Justiça e Segurança Pública, afirmou que assassino do próprio pai ou do filho não deveria ter benefício de ‘saidinha’ da prisão na data comemorativa do Dia dos Pais. Em sua conta no Twitter, nesta sexta-feira, 9, ele foi taxativo. “Parricidas ou filicidas não deveriam sair da prisão em feriado do Dia dos Pais.”

Moro retuitou o presidente da República, Jair Bolsonaro que, na quinta-feira, 8, demonstrou indignação com a ‘saidinha’ de Alexandre Nardoni, condenado a 30 anos de prisão pelo assassinato da filha, Isabella. “O caso Isabella, ocorrido em 2008, repercutiu em todo o Brasil. A criança de 5 anos foi jogada pela janela de seu apartamento. Hoje o pai, condenado pelo assassinato, é beneficiado pela saída temporária de dia dos pais. Uma grave ofensa contra todos os brasileiros. Lamentável!”, escreveu o presidente.

Nesta sexta, Moro postou: “É imoral e afeta a confiança das pessoas no império da lei e da Justiça.”

O ministro ponderou que “não adianta culpar o juiz”. “Precisa mudar a lei atual.”

E aproveitou para, uma vez mais, defender sua grande aposta para reduzir a impunidade no País: “Apoie o projeto de lei anticrime “

O ministro não citou nomes em seu post, mas se refere a Nardoni, condenado em março de 2008 e que deixou na quinta a Penitenciária II de Tremembé, no Vale do Paraíba, interior paulista, para a saída temporária de Dia dos Pais.

Nardoni ganhou o benefício do regime semiaberto em abril, por ‘bom comportamento’ na cadeia. É a primeira vez que ele ganha ‘saidinha’. Terá que retornar a Tremembé até segunda, 12.

A mulher de Nardoni, Anna Carolina Jatobá, condenada pelo mesmo crime, já está no semiaberto desde 2017. Ela também ganhou ‘saidinha’.

Moro tuitou: “Tem coisas na legislação brasileira que não dá para entender, como diz o presidente da República Jair Bolsonaro Estamos trabalhando para mudar. No projeto de lei anticrime, consta a vedação de saídas temporárias da prisão para condenados por crimes hediondos.”

    Compartilhar:

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho