Hoje: 24/08/2019
    Horas: 00:00:00
×
Cipem e Sebrae-MT oferecem consultorias gratuitas sobre gestão de estoque e eficiência energética para setor florestal

Cipem e Sebrae-MT oferecem consultorias gratuitas sobre gestão de estoque e eficiência energética para setor florestal

  • 13/08/2019
  • Assessoria de Imprensa do Cipem

O Programa Madeira 4.0, desenvolvido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MT) e Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso (Cipem) abriu uma chamada de inscrição para duas consultorias especiais: uma sobre gestão de estoques e processos, e outra de eficiência energética.

As vagas são limitadas e estão disponíveis para as empresas associadas aos sindicatos empresariais do setor de base florestal de Mato Grosso. Os interessados devem fazer a inscrição diretamente com o Sebrae-MT, através do e-mail: regina.souza@mt.sebrae.com.br, até o dia 30 deste mês.

A consultoria sobre a gestão de estoque tem 30 vagas disponíveis e previsão de começar em 02 de setembro, com foco em: controle, rastreabilidade, fluxo de materiais, consumo, compra e estratégias. O trabalho será dividido em duas partes: a primeira de diagnóstico e, a segunda, de monitoramento e correções. O objetivo dessa consultoria é elaborar um diagnóstico e aportar recomendações técnicas para a melhoria no desempenho produtivo e gerencial das empresas participantes.

Já a consultoria sobre eficiência energética tem 20 vagas disponíveis e previsão de começar, também, em 02 de setembro. O objetivo é aumentar a eficiência energética dos sistemas produtivos, por meio da análise e da proposição de melhorias, utilizando como base as premissas da ISO 50001. As atividades serão desenvolvidas em diversas etapas, abrangendo: análise de consumo energético, levantamento de dados gerais na Planta da Empresa, identificação dos principais potenciais de consumo energético e definição de quais serão trabalhados e análise dos elementos consumidores.

"Essa é uma oportunidade de ouro para os empresários que desejam evoluir em suas atividades. Além disso, normalmente seria necessário desembolsar valores substanciais para ter acesso a essas consultorias e, neste programa, em função da parceria do Sebrae-MT com o Cipem, que aportaram recursos, todas as ações estão sendo disponibilizadas de forma gratuita", reforça Cynthia Justino, da Unidade de Macrossegmento do Sebrae em Mato Grosso.

Concomitantemente a essas duas consultorias, as outras atividades do Programa Madeira 4.0 continuarão sendo executadas. Entre agosto e setembro acontece a segunda etapa das consultorias e oficinas sobre gestão financeira, gestão comercial, diagnóstico de competitividade e avaliação tecnológica da área produtiva com os empresários associados aos sindicatos das regiões de Alta Floresta, Guarantã do Norte, Juína e Sinop.

Em outubro será realizada uma oficina abordando os principais pontos e estratégias para preparação das empresas para o mercado internacional, seguida da consultoria individual para diagnostico de internacionalização das mesmas.

Os benefícios do Programa também são extensivos aos sindicatos que passam por um diagnóstico de governança, com a identificação de oportunidades e lacunas relacionados a gestão e a atuação.

O resultado esperado, ao final de um ano do Madeira 4.0, é o aumento da competitividade dos negócios de base florestal, com foco na sustentabilidade ambiental, econômica e social dos empreendimentos, além da melhoria e ampliação dos atendimentos prestados pelos sindicatos.

    Compartilhar:

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho