Hoje: 24/08/2019
    Horas: 00:00:00
×
Morre quarta vítima de acidente que tirou a vida de ex-vereador em rodovia

Morre quarta vítima de acidente que tirou a vida de ex-vereador em rodovia

  • 14/08/2019
  • Olhar Direto

Alessandro Luis de Alcântara Coelho, 40 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu nesta terça-feira (13), um dia após o acidente que tirou a vida do servidor público e ex-vereador Luiz da Guia Alcântara e outras duas pessoas, na BR-070, próximo a Cáceres (219 quilômetros de Cuiabá). O veículo que eles estavam, uma Duster, bateu em um barranco e caiu em uma das vazões do Rio Paraguai. Com isto, o número de óbitos em menos de 48 horas nas rodovias federais que cortam o Estado chega a 12.

O homem tinha sido o único sobrevivente do acidente da última segunda-feira (12). Ele estava internado no Hospital Regional de Cáceres, mas não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.
 
Os ocupantes do veículo vinham do distrito do Caramujo, onde morava Luiz da Guia. Eles haviam participado da inauguração de uma pizzaria no local.
 
Os corpos estão sendo velado no salão da Paróquia Cristo Trabalhador, na avenida Talhamares, em Cáceres.
 
O acidente
 
O servidor público e ex-vereador Luiz da Guia Alcântara e outras duas pessoas morreram, na manhã desta segunda-feira (12), na BR-070, próximo a Cáceres (219 quilômetros de Cuiabá), após o veículo em que eles estavam, uma Duster, bater em um barranco e cair em uma das vazões do Rio Paraguai.
 
Segundo as informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente foi registrado nesta manhã, no km 737 da rodovia federal. O Renault Duster seguia pela BR-070, quando saiu da pista, colidiu em um barranco e caiu na água da vazão do Rio Paraguai. O veículo submergiu logo em seguida.
 
No local, foram confirmados três óbitos, sendo Luiz da Guia Alcântara; Rosenildo do Espírito Santo Bragantini e mais uma ainda não identificado. Um homem também foi socorrido em estado grave.
 
Mortes
 
Em menos de 48 horas, foram 11 mortes registradas em acidentes nas rodovias federais que cortam Mato Grosso. No domingo (11), um grave acidente entre um Celta e uma Zafira deixou três pessoas mortas, na BR-070, próximo a General Carneiro (455 quilômetros de Cuiabá). Uma das vítimas foi a óbito no local e outras duas no hospital. A colisão foi frontal e dois ficaram em estado grave.

Na manhã de segunda-feira (12), o servidor público e ex-vereador Luiz da Guia Alcântara e outras duas pessoas morreram, na BR-070, próximo a Cáceres (219 quilômetros de Cuiabá), após o veículo em que eles estavam (Duster), bater em um barranco e cair em uma das vazões do Rio Paraguai.

No mesmo dia, quatro pessoas morreram e uma ficou ferida em uma colisão entre um Jeep Compass, um caminhão que transportava gás GLP, e um terceiro veículo, cujo modelo ainda não foi informado, no km 456, da BR-364, em Várzea Grande.
 
Nesta terça-feira (13), um motorist morreu, após uma colisão envolvendo dois veículos de carga e um de passeio, na BR-163, próximo a cidade de Sorriso. 

    Compartilhar:

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho